Giselle Sato
A inspiração é o encontro perfeito das palavras e a imaginação. Aventure-se.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Alimentação é amor. Quando feita com respeito e cuidado, recebemos o alimento de outra forma, ele ganha sabor com toques de mistérios.
Pegue um maço de agrião, brócolis e rúcula, faça uma festa de sabores e surpreenda essa gente da cidade, que anda esquecida da simplicidade do campo. O gosto das verduras, frutas e legumes alcança um odor, textura e cor, nunca antes experimentado. Uma festa ao paladar.



A comida não precisa de muito, o preparo é como uma canção em perfeita harmonia, simples e em sintonia com a energia. O sabor é o  convite às descobertas; sentindo,  provando as delícias,  apurando os sentidos e despertando a inspiração. 



Coisa linda essa gaúcha explicando ingredientes, falando do compromisso com a natureza; estou completamente encantada com a cozinha da Dani. Eu cheguei de mansinho, meio descrente do poder que a terra proporciona através dos frutos, e o resultado foi um organismo iniciando a desintoxicação naturalmente.
Durante sete dias, tempo que durou o retiro, me alimentei tão bem que quando retornei ao Rio de Janeiro, senti a necessidade  de continuar essa dieta. Determinada a mudar minha rotina, com fé na alimentação anti inflamatória, notando os efeitos positivos de não consumir nada artificial ou modificado.



Tudo tem seu tempo, comecei tirando o açúcar, embutidos e enlatados; reduzindo sal, glúten, leite e carnes. Consumindo mais peixe, legumes, frutas e aprendendo a comer nozes, grãos e muitos outros alimentos nutritivos e com baixa caloria. Tudo bem orientado para ter uma vida mais saudável e conseguir fazer os medicamentos com mais tranquilidade. E neste meio tempo, fui trocando medicações, sentindo dificuldade para fazer uma simples refeição por conta de enjôos e mal estar. 
O caminho é longo, mas vale a pena tentar, experimentar e fazer adaptações até acertar. O que aprendi com minha nutricionista é que não existe dieta padrão, dieta não é sofrimento, existem várias receitas e substituições, e a mais importe: comer tem que ser prazeroso.


Nota- Essa crônica do Refúgio Carpe Diem, lugar mágico em Porto Alegre. 
GiselleSato
Enviado por GiselleSato em 26/09/2018
Alterado em 28/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

A Pequena Bailarina
Assassinos S/A II
BECO DO CRIME
Meninas Malvadas
POETRIX
Trilhas da imensidão- Contos de Terro...
Site do Escritor criado por Recanto das Letras